Divã

Conhecer Jesus Liberta-nos do Cárcere Emocional

Muitos ainda não conhecem A Verdade que liberta, mesmo freqüentando os Templos religiosos, porque suas amarras são invisíveis. Deus sabe onde elas estão, mas não trabalha por força nem por violência.

Algumas pessoas chegam às Igrejas cheias de vícios, cativas às religiões, oprimidas pelo engano e logo são libertas, porque estão envoltas por amarras visíveis, fáceis de detecta, mas quase que a maioria é atormentada por amarras invisíveis, que aprisionam a alma. Vivem acorrentadas anos a fio, por não imaginarem que Deus também pode agir nessa área.

São pessoas prisioneiras de suas próprias emoções, sim, emoções que aprisionam a alma ou a psique humana. Os encarcerados por barras de ferro podem ainda ser livres para pensar e sentir, mas o encarcerado no âmago de sua alma, além das dificuldades de administrar seus pensamentos, esfacela o mais belo elo da existência, a liberdade e a felicidade.

Ninguém pode ser livre e feliz se for prisioneiro dentro de si mesmo. Nunca se viu um mundo tão livre como o de hoje com uma quantidade tão grande de pessoas vítimas de doenças psíquicas. Conheço uma mulher que sobe quantos degraus forem necessários para chegar a algum lugar, porque não suporta a idéia de entrar num elevador (claustrofobia).

Conheço outra que já perdeu várias oportunidades de promoção na vida profissional, porque jamais ousou entrar num avião (acrofobia). Muitas outras que são acorrentadas pela fobia Social, que é o pavor de falar em público. Essas pessoas sofrem a ação de fenômenos semelhantes às de um dependente químico. Diante de uma situação como essa, reações angustiantes geradas fecham os territórios de leitura da memória e travam sua capacidade de pensar. A única coisa que interessa a elas é sair do ambiente estressante, do contrário serão dominadas por diversos sintomas psicossomáticos, como o suor excessivo, a taquicardia, a respiração ofegante e por aí vai.

Tais sintomas preparam as pessoas para a fuga. Todas as pessoas prisioneiras de suas emoções vivem fugindo daquilo que as oprimem. Isso é um cativeiro. Seja qual for o motivo que aprisiona sua alma, há solução para sua dor. Além da psicologia que é um mecanismo apropriado para ajudar aqueles que são dependentes na área emocional, a Bíblia diz que a Verdade, que é Jesus, não apenas liberta do pecado, mas liberta também as emoções.

Jesus havia acabado de libertar uma mulher adúltera do preconceito dos homens e do complexo de inferioridade. Ele disse: “Eu sou a Luz do Mundo e quem me segue não anda em trevas. Conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará. Se, pois o Filho vos libertar verdadeiramente sereis livres.” Não basta freqüentar Igreja. O que basta é conhecer a verdade e viver na verdade. O conhecimento traz fé, traz envolvimento, traz o desejo de se libertar.

A verdade não liberta apenas do pecado, mas das hordas infernais, do apelo carnal, dos vícios, do destempero da alma, da ansiedade, das fobias, das depressões, das síndromes, traumas, complexos, enfim...

Quando permanecemos em Sua Palavra nos tornamos seus discípulos e a verdade que passamos a conhecer também nos traz a libertação das amarras emocionais. (Jo 8:31;32;36) O desejo de Jesus é que a nossa alegria seja completa. (Jo 15:11) Então, seja feliz e usufrua diariamente da abundante alegria que há em Jesus!