Divã

Nova Oportunidade para quem quer se levantar

Recebi um e-mail da Diretora da Escola onde cursei o ensino fundamental, convidando todos os ex-alunos para um reencontro. Rever meus amigos da adolescência parecia excitante.

Éramos tão alegres, de pele macia e de cabelos ao vento, alguns namorando, bagunçando, outros fumando e bebendo, mas todos sem nenhuma responsabilidade, vivendo intensamente o gás da juventude e exalando o perfume da mocidade. Ao entrar pelos portões da velha escola, vi alguns carrões no estacionamento, vi também pessoas chegando a pé.

Não podia imaginar que os donos daquelas cãs compartilharam minha adolescência. Quando nos vimos, saltamos nos pescoços uns dos outros como se os anos não tivessem passado. Alguns foram facilmente reconhecidos, outros, praticamente impossível, por causa das marcas deixadas pela fúria implacável do tempo. Aquele que parecia promissor chegou embriagado e o que era desprezado agora é doutor. Chorei quando soube que minha companheira de carteira se suicidou ainda na juventude por causa de drogas e que muitos estavam mergulhados na solidão e nos vícios.

Fazemos nossas escolhas ainda na juventude, quando o futuro para os jovens é o que menos importa. Quando o futuro bate à porta muitos não encontram nele nenhum prazer. Dizem que é porque não souberam fazer as escolhas certas, mas afinal, quem de nós sabe?

Embora tenhamos recebido de Deus a capacidade para fazermos escolhas, há os que contam com a sorte e os que contam com a orientação de Deus. Se nesses anos todos você não soube fazer as suas, devolva sua vida Àquele que pode transformar sua vida numa obra de muito valor.

Não importa se você caiu e se quebrou, Ele pode te restaurar; Se em vez de construir, você destruiu, Ele pode regenerar. Com Jesus sempre há vírgula, nunca ponto final. Ele faz novas todas às coisas e sempre dá novas oportunidades àquele que resolve se levantar.